Postagens

Mostrando postagens de 2015

Os Cinco Pontos do Calvinismo. Com Valdir Davalos.

Imagem

E Judas? Será que ele alguma vez foi um salvo?

Imagem
Por Ednaldo Cordeiro

Sempre que transitamos nas conturbadas estradas da predestinação, nossos opositores, no sentido doutrinário, levantam a questão de Judas, o Iscariotes, afirmando que enquanto não havia traído o Mestre, era um salvo, já que andava entre eles, falava como eles, pregava como eles, e o próprio Cristo o escolhera para ser um de seus apóstolos.
Eu sei que é difícil aceitar aquilo que muitas vezes se coloca de forma clara diante de nossos olhos, devido aos nossos amados pressupostos. Lutei e ainda luto para vencer alguns que insistem em permanecer, mas prossigo conhecendo ao Senhor, moldando minha mente à Palavra. Algumas vezes me deparo com minhas limitações, e peço a Deus que me ilumine, e quase sempre Ele atende, algumas vezes me deixa de molho por um tempo, outras não se dá ao trabalho de responder.
Mas o caso de Judas é emblemático, pois aqueles que não acreditam que Deus possa reprovar alguém, condenar sem dar sequer uma chance, não aceitam que Judas tenha sido escolh…

Não Há Apóstolos Hoje - Augustus Nicodemus.

Imagem

Não Há Apóstolos Hoje - Augustus Nicodemus.

Imagem

A arca da “Ganância” | Rev. Leandro Lima

Imagem
Após a conclusão do Templo de Salomão (que deveria ser chamado Templo de Mamon), surge mais um objeto espantoso: uma réplica revestida de ouro da Arca da Aliança. O objeto era o mais sagrado do antigo templo de Israel, representava a presença de Deus na Velha Aliança. Com a primeira destruição do templo no século 6 a.C., a arca se perdeu, talvez tenha sido levada para Babilônia e derretida. Só o Indiana Jones no cinema conseguiu encontrá-la. No meupost anteriorsobre o templo que teve milhares de compartilhamentos (muito mais do que eu esperava) também recebi algumas críticas. As principais foram: inveja e escândalo para os incrédulos. O velho argumento do “pare de criticar e vá trabalhar” também foi evocado. Sobre “inveja" não vou perder tempo respondendo. Sobre “escândalo”, creio que a acusação está invertida. Não sou eu quem está escandalizando os incrédulos. Segundo a Escritura, os desvios do verdadeiro Evangelho é que são “escândalos”. Além do mais, o mundo precisa saber que há…

A Centralidade de Cristo na Criação - Adauto Lourenço

Imagem

A Origem das Teorias: Como Tudo Começou? - Adauto Lourenço

Imagem

O Que Você Gostaria de Saber Sobre Predestinação... Mas Tem Receio de Perguntar

por Dr. W. Wilson Benton, Jr
INTRODUÇÃO

Por Dr. Rod S. Mays
Houve um tempo em que a teologia, o estudo de Deus e Sua Palavra, era um campo de estudo respeitado e reverenciado. A teologia era vista como um solucionador de problemas, como a resposta às questões mais profundas, e não apenas um tópico para debates. Era uma época em que a cultura prevalecente refletia uma postura muito mais vertical (Deus- Homem) do que horizontal (Homem-Homem).
Hoje, os mesmos problemas continuam, as mesmas questões ainda são apresentadas, mas a teologia não é mais vista como fonte para as respostas. Recorre-se a tudo que seja, e onde quer que seja — exceto a Deus, para responder:
"Quem está no comando? Por que isto ou aquilo aconteceu, e como se explicar? Pode qualquer um ser um Cristão, bastando para isso apenas querer? Por que eu devo me levantar de manhã?"
A teologia nos dá respostas a tais perguntas, e muito mais. Uma resposta definitiva a todas as questões acima, e as muitas outras que nos m…

Unção com óleo, mitos e verdades!!

Imagem
Muitos crentes tem atribuído ao "óleo ungido" o poder mágico dos contos de fada que usam o pó de "Pirlimpimpim", que basta derramar um pouco sobre a cabeça de alguém e todos os problemas serão resolvidos como um toque de mágica. Unge-se carros, paredes, roupas, casas, cachorros, gatos, cavalos, papagaios, fala-se até de unção das genitálias. Atribuem ao óleo um poder místico que é capaz de proteger o ser humano de qualquer tipo de mal. Mas será que a Bíblia atribui todo este poder a esta especiaria? Muitos crentes fazem uso do mesmo sem conhecer de fato quais as propriedades que são dadas na Bíblia quanto ao uso e manuseio do mesmo. Precisamos entender sua simbologia e propósito no Antigo Testamento e qual o sentido que o mesmo adquiri no Novo Testamento. A princípio encontramos o seu uso no Antigo Testamento, pessoas e coisas eram ungidas a fim de significar santidade ou separação da pessoa ou coisas a Deus: como as colunas do templo (Gen. 28:18); todo tabernáculo…

Presbiterianismo

Imagem
ORIGENS HISTÓRICAS DO PRESBITERIANISMO
Alderi Souza de Matos
Introdução
As origens históricas mais remotas do presbiterianismo remontam aos primórdios da Reforma Protestante do século XVI. Como é bem sabido, a Reforma teve início com o questionamento do catolicismo medieval feito pelo monge alemão Martinho Lutero (1483-1546) a partir de 1517. Em pouco tempo, os seguidores desse movimento passaram a ser conhecidos como “luteranos” e a igreja que resultou do mesmo foi denominada Igreja Luterana.
Poucos anos após o início da dissidência luterana na Alemanha, surgiu na região de língua alemã da vizinha Suíça, mais precisamente na cidade de Zurique, um segundo movimento de reforma protestante, freqüentemente denominado “Segunda Reforma.” Esse movimento teve como líder inicial o sacerdote Ulrico Zuínglio (1484-1531) e, pretendendo reformar a igreja de maneira mais profunda que o movimento de Lutero, passou a ser conhecido como movimento reformado, e seus seguidores como “reformado…